Uma coisa que eu tenho notado é que, de um modo geral, empreendedores digitais de sucesso fazem diversos tipos de venda.

Eu sei que parece meio bizarro isso, mas é por aí mesmo.

Porque venda, na verdade, é persuasão. E se a única “venda” que você se preocupa é a troca de dinheiro pelo seu produto, você certamente está perdendo uma ótima oportunidade de fazer o seu negócio crescer.

Eu vou listar aqui os cinco tipos de venda que todo empreendedor digital precisa fazer.

1. Vender A Si Mesmo

O primeiro contato da maioria dos seus futuros clientes é com o conteúdo gratuito que você publica.

Não importa qual site ou rede social você usa. O importante é que você tenha ALGUMA plataforma onde você publique conteúdo, e que esse conteúdo seja gratuito.

Pensa que esse é o seu “cartão de visitas”. É o meio que você vai usar para se comunicar com quem nunca ouviu falar de você (ou que está ainda em naquela fase de te “conhecer melhor”).

A moeda aqui, claro, não é o dinheiro.

Pelo contrário, muitas vezes você vai investir em tráfego para que as pessoas conheçam o seu conteúdo.

A moeda aqui é tempo. Em outras palavras, pessoas irão te dar o tempo delas em troca do seu conteúdo gratuito.

 

2. Vender O Conteúdo “Semi-Gratuito”

Conteúdo “semi-gratuito” é um outro nome para recompensa digital.

Sim, é verdade é que ele normalmente é “vendido” como um “e-book gratuito”.

Mas no nosso raciocínio aqui, fica claro que existe um pagamento por esse conteúdo.

E o pagamento é o contato. Pode ser nome, e-mail, whatsapp, endereço ou qualquer combinação dessas (só o e-mail é obrigatório).

Ter uma recompensa digital não é novidade para nenhum empreendedor digital.

Mas o que eu quero chamar a atenção é o seguinte: você precisa se esforçar para vender o conteúdo semi-gratuito.

Assim como o produto em si, todos os tipos de venda que eu falo nesse post precisam de um esforço de venda.

 

3. Vender O Produto

Esse tipo de venda é o mais óbvio: você troca o seu produto por dinheiro. Nâo tem muito o que falar sobre ele.

 

4. Vender O Consumo Do Seu Produto

Aqui as coisas começam a ficar bem mais sutis.

O fato é que enquanto empreendedor digital, o seu objetivo final com cada cliente não é a venda do produto.

O seu objetivo final é o resultado do seu cliente.

E se o seu cliente não consome o seu produto, como ele vai ter resultados?

Parece estranho, mas isso acontece com muita frequência: pessoas depositam dinheiro na sua conta, pagam por um produto, e não consomem esse produto.

Não assistem as aulas.

Mudam de ideia, iniciam outros projetos, esquecem que você existe.

Acontece de verdade.

E você precisa estar preparado para isso.

E agora que você já sabe que isso acontece, você precisa preparar estratégias para que os seus clientes consumam a informação que você vendeu para eles.

 

5. Vender O Uso Da Informação Que O Cliente Comprou

Também é um detalhe sutil e um dos mais importantes.

Se o seu cliente assistiu TODAS as aulas do seu infoproduto e não colocou NADA em prática, sabe que resultado ele vai ter?

Nenhum.

E se o seu cliente não teve resultado, você não impactou ninguém, não transformou ninguém e ainda perdeu uma excelente chance de conseguir prova social.

Você ganha dinheiro, é verdade. Mas deixa de construir um ativo importante, que é a prova de que o seu produto dá resultado.

Isso sem contar que se o seu cliente não teve resultados, dificilmente ele será um cliente satisfeito.

Por mais que ele entenda que ele não tenha colocado nada em prática.

Cliente feliz é cliente com resultado.

E se você não tiver estratégias direcionadas para os resultados do seu cliente, você também está deixando de ter resultados.

PERGUNTA: Quais estratégias você tem implementado para aumentar o resultado dos seus clientes? Me fala aí nos comentários!

 

Share This